Logo que chegaram, os fundadores de Hopi Hari se instalaram na região sudoeste. Ali, cada um construiu um pedacinho de seu país de origem, o que acabou dando origem a Kaminda Mundi, que significa 'caminho do mundo'. Trata-se de uma mistura arquitetônica de vários países.

Com o passar do tempo, o número de crianças de Hopi Hari não parou de crescer e logo precisaram de um pedacinho exclusivo para se divertirem e assim foi construída Infantasia, cheia de cor e brincadeira. O sucesso foi tanto, que toda a turma da Vila Sésamo veio dos Estados Unidos para conhecer a região e acabou ficando de vez.

Hopi Hari tornou-se um país lindo e precisava ter uma capital. Algumas escavações foram feitas, até que se descobriu um sítio arqueológico, cheio de pirâmides, tumbas e Katakumbas. Essa região misteriosa foi chamada de Mistieri e é nela que encontra-se a Montezum, uma das maiores montanha-russa de madeira do mundo.

O projeto da capital foi transferido para um dos mais belos recantos de Hopi Hari, recebendo o nome de Aribabiba que quer dizer "viva a vida com alegria", a ideia que resume a filosofia de vida de todos os hópius e hópias. Depois de pronta, a capital ficou o máximo! Lá tem de tudo. Tem o maior restaurante de Hopi Hari, para radicalizar, há o looping do Katapul e o vôo delirante do Hadikali.

Afastada das outras regiões de Hopi Hari, fica Wild West, que nasceu de uma verdadeira corrida ao ouro. Há quem diga que um dia um hópiu estava lá no Rio Bravo pescando, quando encontrou uma pepita de ouro. No dia seguinte o mundo inteiro já estava sabendo.

Não importa nem o tempo, nem o espaço. Hopi Hari é um mito até para os mais fascinados, ninguém nunca soube dizer como ele nasceu exatamente. O Hopi Hari não ficou pronto de um dia para o outro. Confira agora como foi construída de cada região do parque, basta clicar em um dos logos abaixo:

© 2008 - 2018 Hopi Hari Mania é um fã site independente. O conteúdo aqui publicado não necessariamente reflete a opinião da marca Hopi Hari.