31 de maio de 2018


A Hora do Horror, o maior evento de horror da América Latina, está chegando para mais uma edição aterrorizante e, pela primeira vez, toda a produção será feita pela Harikadabra, a produtora in house do Hopi Hari, que conta com um grande time de experts do ramo.

Com o tema “Sacrificium: Você será parte do ritual”, uma temática inédita e nunca abordada na história da Hora do Horror, o evento promete surpreender com diversos atrativos: mais de 100 aberrações espalhadas pelo parque, grandes figurinos, labirintos (fechados e a céu aberto) e apresentações ao longo da noite.


A produtora Harikadabra surgiu como uma iniciativa do presidente do Hopi Hari José David. Segundo ele: “A produção in house é uma inovação que vai de encontro ao uso responsável da verba, racionalizando custos e otimizando recursos”. David também foi o responsável por reunir o “dream team” (time dos sonhos), como o mesmo se refere, com profissionais renomados que já passaram por grandes eventos do gênero no Brasil como Rogério Barbatti, Eduardo Campos, Anderson Rodrigues, José Roverato e Victor Akkas. 

Rogério Barbatti, Gerente de Conteúdo do Hopi Hari e Diretor Artístico da Harikadabra, é o responsável pela concepção geral e conceito dessa edição. Iniciou sua carreira em 2009 no Hopi Hari como ator e desde 2016 responde pelo conteúdo do parque. Barbatti também é preparador de elenco com expertise em produções de espetáculos e desenvolvimento de efeitos especiais agregados a teatralização e dança.

Como Diretor de Maquiagem, o artista plástico Eduardo Campos assume a responsabilidade de dar vida aos personagens da história de Sacrificium. Autodidata e no ramo há 8 anos, cria maquiagens de efeitos especiais impressionantes. O desenvolvimento da identidade visual dos personagens lúdicos de Hopi Hari e Hopi Night são de sua autoria.

Na Direção de Figurino e preparação de atores temos Anderson Rodrigues, com mais de 20 anos de experiência em eventos de terror. Trabalhou como uma das produtoras das Noites do Terror, do Playcenter por 16 anos, já participou da produção da Hora do Horror e da Noites Macabras por 3 anos, criou a marca Cidade do Terror e já foi diretor artístico do Beto Carrero World por 4 anos. 

E para desenvolver os cenários, contamos com os Diretores de Cenografia José Roverato e Victor Akkas. Roverato assina os túneis (labirintos) dessa edição. Com mais de 25 anos no ramo de cenografia, desenvolve técnicas e cenários para TV, cinema e grandes eventos. No Hopi Hari, já assinou mais de 20 túneis, além de fachadas e grandes palcos. Seus projetos saltam do 3D para o real com uma equipe altamente qualificada entregando veracidade em cada detalhe. Já Akkas é o responsável por todas as estruturas da Hora do Horror 2018. Cenógrafo e atuante nas áreas de Cinema e Teatro desde 1997, sua experiência é composta por diversas habilidades de construção guiadas pelos recursos técnicos alinhados à linguagem lúdica ou realista, incorporando materiais alternativos e novas tecnologias.  

Com o “dream team” formado, a 17ª edição da Hora do Horror promete ser histórica e atrair muitos curiosos. Prepare-se para o sacrifício. Você será parte do ritual a partir do dia 10 de agosto no Hopi Hari.

© 2008 - 2018 Hopi Hari Mania é um fã site independente. O conteúdo aqui publicado não necessariamente reflete a opinião da marca Hopi Hari.