Brasília (27 de maio) –  O Diário Oficial da União (DOU) de hoje traz outras alterações na Lista de Exceções à Tarifa Externa Comum (LETEC) por meio das Resoluções Camex nº 51 de 2015. Os produtos “equipamentos para parques temáticos” foram incorporados à relação.

O produto “equipamentos para parques temáticos”, de código 9508.90.90 da Nomenclatura Comum do Mercosul (NCM), teve o Imposto de Importação reduzido de 20% para 0%, com criação de 15 destaques-tarifários referentes aos equipamentos beneficiados com redução tarifária. De acordo com o Ministério do Turismo, isso pode motivar investimentos de cerca de US$ 15 milhões e gerar aproximadamente 1.500 novos postos de trabalho com a implementação, manutenção e operacionalização dos equipamentos.

CAMEX - Câmara de Comércio Exterior

O que isso significa?

Com a isenção dos impostos de importações sobre os equipamentos, é mais viável aos parques temáticos brasileiros (incluindo o Hopi Hari) adquirirem novos rides (atrações), já que a grande maioria é proveniente da Europa e América do Norte. Essa nova regra reduz custos também na compra de peças e componentes das atrações, o que hoje, é uma das maiores dificuldades dos parques brasileiros, inclusive o Hopi Hari.

O que podemos esperar para o futuro?

- Uma brusca queda no número de atrações inoperantes por motivos de manutenção;
- Possibilidade de instalação de novas atrações, impulsionadas pela redução dos custos.

Uma novidade em tanto!

A decisão da CAMEX (Câmara de Comércio Exterior) acontece num cenário positivo e propício dentro do Hopi Hari, que recentemente recebeu novos investidores e passou a ser comandado sob uma nova direção (conforme publicamos aqui). As expectativas são positivas para os próximos meses.
Loading