15 de agosto de 2008

<< Voltar para as outras Retrospectivas


A sexta edição da Hora do Horror de Hopi Hari seguiu um dos temas mais respeitados, comuns e aterrorizantes da vida humana atual. Cerca de 80% dos indivíduos têm pesadelos esporádicos. É uma resposta para as preocupações do cotidiano entre sonho e realidade. Nenhum mortal pode resistir ao encontro de seus próprios pesadelos.


Para garantir a diversão e os sustos, três labirintos tematizados foram montados para o evento. À medida que o visitante percorria as ruas e os três labirintos do parque, desvendava a temática do evento. Ao mesmo tempo, efeitos especiais de luz, sombra e imagens trabalham sutilmente o subconsciente, atuando nos cinco sentidos e despertando as mais diversas facetas do medo.

Labirinto - Fobias Mortais
Com 130 metros de extensão, contemplava cinco salas com um imenso corredor que retratava uma construção condenada, prestes a desabar e que guardava segredos mórbidos e aterrorizantes. Cada cômodo explorava uma fobia diferente: tortura, animais e insetos, água, lugares fechados e escuros.


Labirinto - Alucinações
Uma visita à mente do mestre dos sonhos. A fachada tinha uma cabeça gigantesca. Cada cenário retratava a distorção macabra e diabólica da nossa realidade, o surrealismo predominava em cada detalhe deste universo de pensamentos maus. Com total de 60 metros, era formado por cinco salas e seis pequenos corredores.



Labirinto - A Casa 
A fachada de uma casa virada ao contrário impressionava quem passava por Mistieri. Em seu interior, 130 metros de visões distorcidas da realidade de uma garota que vivia neste ambiente. Ou seja, numa casa viva, onde objetos estavam de ponta-cabeça, torneiras jorravam água para cima e situações aterrorizantes marcavam o que poderia ser o cotidiano de qualquer um de nós. Foram 6 salas cenográficas e oito corredores que interligam os cômodos da casa.


A partir do conceito “Seu pesadelo vai pegar você”, a QG Propaganda desenvolveu uma campanha para divulgar a “Hora do horror” do Hopi Hari. Para promover a ação do parque, a QG Propaganda criou um filme com linguagem especialmente desenvolvida para o público da MTV – canal em que o comercial foi veiculado –, além de anúncio, spot e peças para internet.

Como o tema da edição do evento era “Pesadelo”, o roteiro do filme se passava dentro de um quarto de adolescente, sob uma trilha serena e tranquila. A imagem fecha e, quando abre novamente, um novo cenário surge e tudo que até então existia naquele espaço passa a funcionar como elementos de tortura e terror, acompanhados de uma trilha sonora que segue o mesmo conceito. Confira o comercial do Evento:


No Saloon, o visitantes podiam balançar o esqueleto (literalmente) e paquerar muito, pois todas as noites um DJ realizava performances musicais incríveis, com a presença de go go dancers e todo cenário tematizado de acordo com o evento.

Além disso, todos os dias aconteciam espetáculos de abertura e encerramento, esquetes de rua, super balada com música eletrônica e como novidade, cenários exclusivos para fotos distribuído em duas regiões temáticas: Wild West e Mistieri.

Confira algumas imagens desta edição:


Agradecemos a equipe de Marketing do Hopi Hari por ceder parte desse material publicado com exclusividade pelo Hopi Hari Mania.

<< Voltar para as outras Retrospectivas

© 2008 - 2017 Hopi Hari Mania é um fã site independente. O conteúdo aqui publicado não necessariamente reflete a opinião da marca Hopi Hari.