15 de agosto de 2008


Na segunda edição da Hora do Horror, a maldição invadiu Hopi Hari pela segunda vez trazendo o tema "O Medo está de Volta" e também a logomarca oficial do evento foi criada. O parque desafiou os visitantes a entrarem em contato com seus medos e enfrentarem mais de 150 horripilantes atores espalhados em 3 regiões com diferentes tematizações:


Wild West
A região de Wild West se transformou em uma Cidade fantasma. A caminho da região, na rampa de acesso, os visitantes passavam por um túnel decorado com touceiras de bambu, feno em bloco e portas secretas para os monstros. Na rua principal havia escombros de um celeiro, que servira de esconderijo para os monstros.

No poço, ao lado do Saloon, também havia ossos de caveiras e teias de aranha. Mocinhos e mocinhas, bandidos, padres, xerifes, barbeiros e índios aterrorizaram aqueles aventureiros que se atreverem a passar por lá. O cemitério com cruzes, pedras, terra, folhagem seca, ossos e esqueletos era ao lado do Rio Bravo, onde ocorria performances de atores para o enterro macabro. Neste local, os visitantes também podiam assistir a um vídeo de terror.

Aribabiba
A capital de Hopi Hari, Aribabiba se transformou em um Pântano. Para entrar na região, os visitantes tiveram que estar preparados para enfrentar os habitantes das profundezas do lago, como anfíbios e peixes assassinos. Logo na entrada da capital, havia um corredor com cenografia de esqueleto de tubarão e vários personagens, que escondidos, vão surpreender quem passar por ali. No lago do parque havia uma ilha flutuante, onde foram projetadas imagens de um navio fantasma. Em frente ao Kafé di Palaz (atual Palácio da Justiça) foi montado um palco que era uma réplica de uma proa de navio fantasma, onde seria realizado um show de “Rock Horror.


Mistieri
A região se transformou num Sítio arqueológico maldito. Foi neste ano que o parque trouxe a mais nova novidade do parque, a DIREVERSI. A montanha-russa de madeira ao contrário. Os visitantes só chegavam à entrada da maior montanha russa de madeira da América Latina passando por monstros da Civilização Egípcia: Deuses, escravos, sacerdotes virgens, arqueólogos, répteis, múmias e muitos personagens assustadores.

O Corredor Macabro era ao lado do Vulaviking. Havia vários caminhos e somente uma saída para o visitante fugir da maldição dos personagens horripilantes que estavam pelo caminho aterrorizando todo mundo. E se você acha pouco, os visitantes poderiam assistir aos shows de ilusionismo, que aconteciam no palco montado sobre a atração 'Simulákron', ao lado da montanha russa no escuro.

Peças publicitárias:

Agradecemos a equipe de Marketing do Hopi Hari por ceder parte desse material publicado com exclusividade pelo Hopi Hari Mania. 

<< Voltar para as outras Retrospectivas

Parceiro oficial

Hapfun

Especial: Túnel do Tempo

Matérias Especiais | Túnel do Tempo

Parque temporariamente fechado

Hopi Hari temporariamente fechado

© 2008-2017 Hopi Hari Mania é um fã-site independente. O conteúdo aqui publicado não necessariamente reflete a opinião da marca Hopi Hari.