Caso La Tour Eiffel: TJ livra ex-presidente do parque


R7 SÃO PAULO:

Por dois votos a um, a 2ª Câmara Criminal do TJ (Tribunal de Justiça) decidiu na segunda-feira (18) excluir o ex-presidente do parque de diversões Hopi Hari Armando Pereira Filho da ação penal em que ele era acusado do homicídio culposo (sem intenção de matar) da adolescente Gabriela Nichimura, de 14 anos.

A estudante morreu no dia 24 de fevereiro de 2012, após cair de uma altura de 25 metros do brinquedo La Tour Eiffel. Gabriela despencou após a trava da cadeira ocupada por ela se abrir. A decisão da Justiça ocorreu no pedido de habeas corpus feito pelo advogado de Pereira Filho, o criminalista Alberto Zacharias Toron. Outros dez funcionários do parque permanecem como réus na ação.

Neste ano, Toron já havia conseguido excluir do processo Flávio da Silva Pereira, gerente de manutenção do parque, que também era acusado no caso.

O MPE (Ministério Público Estadual) havia denunciado os réus em maio de 2012, alegando que eles agiram com negligência na operação da torre. No habeas corpus de segunda-feira (18), o TJ considerou que não havia motivo para que o ex-presidente fosse mantido como réu. Segundo a maioria dos desembargadores, a denúncia narra claramente a responsabilidade dos funcionários e a falta de cautela deles. Toron explica que Pereira Filho não pode ser responsabilizado pelo acidente.


"O parque sempre funcionou bem quando as regras eram cumpridas. O ex-presidente não pode ser responsabilizado pelo descumprimento delas."

"Nove milhões de visitantes passaram pelo brinquedo sem que houvesse nenhum acidente."




O MPE informou que vai aguardar a publicação do acórdão e analisar recurso ao TJ e, em caso de nova derrota, ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). O órgão afirmou também que já havia apresentado recurso contra a decisão do habeas corpus favorável a Flávio da Silva Pereira. O desembargador e relator do processo, Francisco Orlando de Souza, foi o único que deu voto contrário à decisão. O advogado Ademar Gomes, que representa a família de Gabriela, disse que vai "avaliar" como recorrer da decisão no STJ.


NO PARQUE:

O brinquedo La Tour Eiffel segue interditado desde 24/02/2012 aguardando instalação de novos sistemas de segurança. Não há previsão de reabertura.

Desde sua abertura em 1999, este foi o primeiro acidente no Hopi Hari. Após o ocorrido o parque reforçou sistemas de segurança, como instalação de novas travas de segurança nas atrações, ampliação do sistema de monitoramento (câmeras de segurança nos equipamentos), e remodelação das regras de operação. 


No final de 2012, após diversas inspeções de segurança, o Hopi Hari foi primeiro parque do país a obter a certificação internacional que reconhece seu sistema da gestão da qualidade, a ISO 9001:2008


A certificação se refere à prestação de serviços nas atrações de suas cinco regiões temáticas: Kaminda Mundi, Wild West, Mistieri, Infantasia e Aribabiba, e foi concedida pelo Grupo SGS, líder mundial em inspeção, verificação, testes e certificação.  Na norma ISO 9001, os processos da organização devem estar alinhados, o sistema de gestão da qualidade prescreve atendimento e satisfação aos requisitos dos clientes, melhoria contínua e aborda, de forma genérica, princípios como liderança, envolvimento das pessoas e tomada de decisões baseadas em fatos.


"Quando o Hopi Hari apresenta uma certificação independente, como é o caso da ISO 9001, está dando ao mercado uma comprovação de que atende a uma série de requisitos, segundo critérios reconhecidos e aceitos pelo mercado. É a forma de demonstrar que se preocupa e atende às expectativas do cliente. Ao final, todo esse esforço trará um melhor posicionamento da marca no mercado e a fidelização do consumidor", declara Karina Tagata, gestora da área de Comunicação e Marketing das Unidades de Negócios - Auditorias e Certificações do Grupo SGS Brasil.

19 de agosto de 2014

A loja foi aberta: Confira o que rolou na estreia da 13ª Hora do Horror


Esta sexta-feira (15) foi marcada pela estreia da 13ª Hora do Horror - considerada uma das melhores edições dos últimos 13 anos (se não for a melhor). Quer saber o motivo desta consideração? Então vamos te contar logo abaixo...

» 10h15 - Os portões do Imigradero foram abertos com mais de 1 hora de antecedência da abertura para que o público pudesse ser dispersado e as entradas agilizadas. Entretanto, as atrações foram abertas somente às 11h30 (horário em que o parque estava previsto para abertura). O parque recebia um alto número de visitações nesta manhã, porém a capacidade máxima não foi atingida, e os portões não foram fechados mais tarde. Quem resolveu ir ao parque no período vespertino não enfrentou problema algum...

Os mapas do parque já estavam disponíveis ao público desde cedo no Imigradero e no SAV. Confira o deste ano:



» Manutenções: Algumas atrações não operaram no dia por questões técnicas, como o Rio Bravo por exemplo. O Katapul passou por alguns testes no início da tarde. Chegou-se a formar fila para a atração, porém ela não foi liberada ao público. Confira a relação de todas as atrações em manutenção clicando aqui.

» Palco Principal: O palco é uma grande vitrine onde os brinquedos ganham vida e mostram tudo que são capazes, na procura de um novo dono. Aqui você escolhe o seu brinquedo... Depois disso, é festa! O palco desta edição localiza-se no centro do parque, no campo gramado do lado do acesso Infantasia / Wild West. É o maior palco da história, com 40 metros de comprimento e dois andares. O gramado tem capacidade para comportar até 13.590 pessoas simultaneamente.





» A Loja de Brinquedos: Nossos brinquedos não são lindos, fofinhos ou cheirosos, mas querem brincar com você! Eles misteriosamente ganharam vida e querem se tornar humanos a qualquer custo. Percorra todos os departamentos desta loja, onde o medo lhe aguarda entre as prateleiras e os corredores sombrios te levarão até o aletiê do artista que deu a vida a todos os brinquedos. Quem visita a loja, não esquece o nosso lema: "Cliente bom é aquele que nunca vai embora". Seja bem-vindo... A Loja de Brinquedos localiza-se no Caminho do Lago, próximo ao palco.







» Manicômio: Aqueles que conseguiram escapar das mutilações dos brinquedos, acabaram ficando loucos e foram internados às pressas. Se você veio visitar algum paciente em tratamento, cuidado! Existem outras criaturas insanas infiltradas que estão ansiosas por sua visita. Se tiver sorte e passar ileso pelos corredores frios e nojentos, você poderá conhecer pessoalmente o artista criador destes brinquedos. Mas fica a dica: se você enlouquecer, fique tranquilo, basta ir até a recepção e dar seu nome, o atendimento será bem rápido. O Manicômio está localizado atrás do Katakumb e do Kastel di Lendas, com acesso ao lado do Ekatomb em Mistieri.





» No decorrer o dia: Em torno do meio-dia a bandeira da Hora do Horror foi hasteada no grande mastro do parque. Apesar do grande número de público, os visitantes tentaram se divertir nas atrações disponíveis. Os que quiseram evitar filas preferiram adquirir o Vip Pass - um pacote que inclui acesso sem fila em 6 atrações do parque (relação de atrações devem ser consultadas no ato da compra, pois mudam de dia para dia conforme as atrações disponíveis) e acesso exclusivo em 3 atrações de horror (Katakumb, Manicômio e A Loja de Brinquedos). O Vip Pass custa R$ 79,00 e pode ser adquirido na loja localizada ao lado direito da rotatória em volta da Giranda Mundi.

Para animar os visitantes houve desfile da Banda Marcial Municipal de Bocaina nas ruas do parque. A banda circulava tocando em todas as 5 regiões.






» 18h30 - Abertura da Hora do Horror: Ao cair da noite o Hopi Hari foi ficando obscuro e foi dado início a operação dos túneis temáticos em conjunto com o Show de Abertura no Palco Principal. Antes do Show de Abertura o silencio era total, e dava pra notar muita gente apreensiva. As luzes do palco e do campo estavam todas apagadas, e o único que se ouvia eram os gritos da multidão conforme se aproximava 18h30. Numa repentina abertura de fresta das cortinas foi possível notar os brinquedos posicionados e imóveis no palco, porém em menos de 5 segundos elas foram fechadas novamente - tudo para deixar o visitante ainda mais ancioso. Numa mistura de silêncio do parque com o grito da multidão, de repente tocou o Hino di Hopi Hari, sendo o ponto de partida do show. Todos os brinquedos estavam enlouquecidos. Deco Leoni, Sr. Wilson e Erick Prandi não foram esquecidos. A música era pesada, alta, e as performances perfeitas. De longe a melhor abertura de todos os tempos! Obs: Você pode baixar as músicas do show clicando aqui.






Confira o teaser da abertura:



» Visitando os túneis temáticos: Tanto o Manicômio quanto A Loja de Brinquedos estão assustadores. As filas para ambos são grandes, mas andam muito rápido. Não dura mais que 10 minutos de fila.

Dicas:
1) Ao avistar as pistolas de brinquedos na Loja de Brinquedos mantenha-se fora da mira delas - caso contrário você será atingido por água gelada;
2) Note o Deco Leoni na recepção da loja;
3) No Manicômio não pense em se aproximar do banheiro. Caso contrário você será atingido por jatos do vaso sanitário;
4) Ao atravessar o vestiário cuidado com os chuveiros ligados - não há muito espaço para escapar deles, e o banho é certeiro!

Curiosidade: Em um trecho da Loja de Brinquedos há efeitos de névoa.



» Caminhando nas ruas de Mistieri e Wild West:

Mistieri - Trilha dos Insanos: Você deve ser muito rápido nesta trilha. Cada pesssoa que passa por aqui ou está louca ou está fugindo para não ser transformada em mais um brinquedo de prateleira macabra de A Loja de Brinquedos.

Wild West - Brincadeiras Sombrias: Enquanto anda por esta região, você pode se deparar com criaturas inesquecíveis, como uma simples boneca de porcelana, um sádico palhaço ou até mesmo brincar no desafiador jogo da forca.

Info: As ruas possuem apenas uma leve iluminação vermelha e azul. Não possui demais efeitos especiais como esperado pelo público fã.







» 20h30 - A loja encerra seu expediente: Nesta hora a Loja de Brinquedos fecha para balanço, e o Manicômio encerra sua visitação aos internos. No Palco Principal é dado início ao Show de Encerramento: As músicas e as performances dos brinquedos são continuadas. Agora cada um achou um dono para sí... Mas acho que eles ainda não estão satisfeitos, e planejam algo mais. "A Loja de Brinquedos agradece a visita de todos" - as cortinas se fecham.


» Hopi Hari Mania critica:

- Os túneis temáticos são carentes de obstáculos nos caminhos, de efeitos especiais e efeitos surpresas. Edições passadas já tiveram melhores túneis;
- O acabamento da fachada do Manicômio é de altíssima qualidade, porém a fachada de A Loja de Brinquedos não segue o mesmo padrão;
- O Show de Abertura é o melhor de todos os anos, porém o Show de Encerramento não ficou tão impactante;
- Elementos internos dos túneis reutilizados de outras edições e/ou de outros eventos (como Alice em 2011);
- O parque não se preparou para atender a grande demanda de público, e muitas atrações ainda seguem inoperantes. Atrações principais como a Montezum por exemplo, funciona com metade da capacidade (apenas 1 trem), aumentando ainda mais as filas e tendo que fechá-las com antecedência.

» Hopi Hari Mania elogia:
- Maquiagens e próteses dos atores são realmente assustadoras e de alto nível;
- Localização estratégica do palco e aumento de sua dimensão;
- Gravação explicativa de normas de segurança antes do início da Festa do Horror;
- Abertura impactante;
- Liberação de diversos pontos de acesso ao palco (ao contrário do Hopi Night em que certos pontos de acessos eram proibidos);
- Seleção de músicas para abertura/encerramento deram realmente um ar assustador;
- Atuação dos atores são impecáveis e cada um se comporta de fato como brinquedo;
- Implantação da história do ARG dentro dos shows e dos túneis temáticos - personagens fictícios não foram perdidos;
- Sonoplastia dentro dos túneis;
- Aproveitamento do tema em geral.

» Nota geral do evento: 9,0

O Hopi Hari Mania recomenda a Hora do Horror 2014: Não perca a Hora Mais Sombria de Todas que acontece até 02 de novembro!
16 de agosto de 2014

Hora do Horror 2014 - A Loja de Brinquedos


O número 13 é sinônimo de mau presságio e de maldição em todo o mundo. Nada mais simbólico para a 13ª Edição da Hora do Horror que inicia em agosto com um tema inédito. “A Loja de Brinquedos” levará os visitantes a uma grande aventura, com requintes de realidade e repleta de mistérios, que promete adrenalina intensa e muitos sustos.

Nesta Loja, todos serão convidados a brincar com brinquedos, que parecem inocentes, mas que escondem um lado aterrorizante. Durante toda a temporada, o Parque ganha um ar de mistério e susto a partir das 18h30. A história conta que em uma loja de brinquedos algo sinistro aconteceu. Misteriosamente os brinquedos ganharam vida e querem se tornar humanos a qualquer custo. O criador da loja, não soube explicar o que viu no interior da loja e enlouqueceu, a ponto de ser internado as pressas em um manicômio. 


Túnel LOJA DE BRINQUEDOS 
As portas da “Loja de Brinquedos” estarão abertas para quem tiver curiosidade de entrar e, sobretudo, coragem para descobrir o fenômeno que originou toda a história. O medo espreita entre as prateleiras e os corredores que levam até ao ateliê do artista que deu vida a todos os brinquedos.

Túnel MANICÔMIO: 
Para quem quiser conhecer pessoalmente o artista poderá marcar uma visita no “Manicômio”. O lugar guarda seus mistérios, que estarão prontos para serem revelados. Nele, ninguém será louco de querer ficar por muito tempo.

Monstros e Áreas de Sustos: 
Nas regiões de Wild West e Mistieri estarão espalhados pelas ruas cerca de 100 criaturas assustadoras. O visitante poderá se deparar com criaturas como uma simples boneca de porcelana ou até mesmo desafiar o mortal jogo da forca.

Palco, Abertura/Encerramento e Festa do Horror: 
Este ano o evento contará com o maior palco (40 metros) já montado em todas as edições da Hora do Horror e ficará localizado no centro do Parque, entre as regiões Wild West e Infantasia. No mesmo local ocorre os shows de Abertura e Encerramento e também a Festa do Horror, uma grande balada a céu aberto.

+Novidades: 
Além das atrações de horror, criaturas assustadoras, áreas de sustos e balada, a Hora do Horror 2014 terá algumas novidades para os visitantes pelas ruas.

Serviço: 
No período, o parque funcionará das 11h30 às 20h30. O passaporte para curtir o Hopi Hari o dia inteiro e a Hora do Horror custa R$ 79,00 e pode ser comprado pelo site www.hopihari.com.br ou pelo telefone 4007-1134 (custo de ligação local). Na bilheteria, custa R$ 89,00.

Fotos de Divulgação:

13 de agosto de 2014

13ª Hora do Horror estreia na próxima sexta-feira


A SUA HORA ESTÁ CHEGANDO: A 13ª edição da Hora do Horror estreia na próxima sexta-feira (15) e prepara muitas novidades para os visitantes deste ano. Dentre eles novo palco, novos  locais de performances, efeitos especiais de rua, e muito mais... Você não pode perder!


HORA DO HORROR 2014 - dados:

Tema: A Loja de Brinquedos;
Slogan: A Hora Mais Sombria de Todas;
Túneis: 1) Loja de Brinquedos - Local: Caminho do lago 2) Manicômio - Local: Atrás do Katakumb;
Monstros de rua: Wild West - da Rua Principal até a esquina com a Chocowest; Mistieri - parte alta e baixa;
Palco principal: Palco com 40 metros de largura será cenário da abertura encerramento do evento, além de sediar a Festa do Horror. Localizado no campo ao lado do acesso Infantasia - Wild West (antigo espaço Unicirco);
Site oficial: www.alojadebrinquedos.com.br;
Duração: 15 de agosto a 02 de novembro de 2014.


Leia também:

11 de agosto de 2014

Hopi Hari lança passaportes especiais para Hora do Horror


O Hopi Hari lançou nesta semana em sua loja virtual as novas modalidades de passaportes para a Hora do Horror. A novidade desta vez trata-se do Anuali 13 Meses - que ao invés de valer por 12 meses como os Anualis tradicionais, este vale por 13. Oferta é válida apenas para compras na 13ª edição da Hora do Horror.

Confira abaixo todas as modalidades:




8 de agosto de 2014

Programação das Atrações:

Hilary Duff

Matérias Especiais:

Hilary Duff
Hilary Duff

Curta o HHM no Facebook:

© 2008-2014 Hopi Hari Mania é um fã site independente. O conteúdo aqui publicado não necessariamente reflete a opinião da marca Hopi Hari S/A.